Rondonópolis: Câmara não votará projeto do Passe Livre até que o prefeito se reúna com estudantes

passe livre estudantil 2020As mudanças que alteram a Lei 6.353 de 2010, propostas pelo Prefeito Zé Carlos do Pátio (SD), têm gerado discussões desde a semana passada, quando o Projeto chegou em regime de urgência na Câmara Municipal de Rondonópolis. A União Municipal dos Estudantes Secundaristas (Umes) não concorda com dois artigos da nova proposta e pediu ajuda dos vereadores.

De acordo com a presidente da Umes, Ana Julia Pirozzi, a mudança para dois salários irá prejudicar muitos estudantes e mais da metade dos beneficiados poderão perder esse benefício.

Eles pedem uma reunião com o prefeito para discutir com o grupo o que é melhor para todos, pois, segundo ela, um estudante que precisa pegar dois ônibus para ir até o Instituto Federal, por exemplo, gastaria em média 380 reais em 20 dias letivos.

O presidente da Câmara, Claudio da Farmácia (MDB), afirmou que o prefeito precisa discutir e receber os alunos para entender as reivindicações. Nesta terça-feira (21), durante a Ordem do Dia, as mudanças serão apresentadas ao demais parlamentares e o Projeto não deverá entrar em pauta na sessão ordinária de quarta (22).

Por Agora MT

© Todos os direitos reservados a UCMMAT