CPI da Energisa: 50% dos municípios já aprovaram Moção de Repúdio

4297d04ecbf2f39385fd7238ee66ef5fDayane Senna
Assessoria UCMMAT

Em apoio à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), aberta pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso, para investigar as denúncias de abusos na tarifa da energia e a má qualidade dos serviços da Concessionária que atende todo o estado, Energisa, a UCMMAT – União das Câmaras Municipais de Mato Grosso está mobilizando todas as Casas de Leis dos 141 municípios para que aprovem Moção de Repúdio em desfavor da Concessionária. 


O movimento entre as Câmaras e a população começou no município de Nova Mutum, com o vereador Cristiano Bicô e rapidamente ganhou todo o estado. Só no município, o parlamentar já garantiu mais de 5 mil assinaturas no abaixo assinado contra a Energisa.

Desde a audiência pública realizada pela Assembleia Legislativa, na última terça-feira (15), a UCMMAT tem recebido Moção de Repúdio de vários municípios. “Todos nós estamos indignados com a tamanha falta de respeito por parte desta empresa, não podemos ficar parados e ver a população sofrer com os valores abusivos na conta de energia, por isto, estamos mobilizando todas as Câmaras para que aprovem a Moção de Repúdio para Energisa”, ressaltou o presidente da UCMMAT, Edclay Coelho.

Além de Mato Grosso, outros estados estão aprovando Moção de repúdio, um deles é o estado de Rondônia. “O que está acontecendo não é ‘privilégio’ dos mato-grossenses, vários estados do país já estão se mobilizando contra esta empresa, algo precisa ser feito e com urgência”, concluiu Edclay.

Após finalizar os trabalhos, a UCMMAT fará um ato oficial de entrega das Moções aprovadas pelas Câmaras à Assembleia Legislativa de Mato Grosso e para a Energisa.

© Todos os direitos reservados a UCMMAT