CPI da Energia: Presidente da UCMMAT participa de audiência em Nova Mutum

WhatsApp Image 2019 10 21 at 15.01.23Dayane Senna
Assessoria UCMMAT

Cobrança abusiva nas faturas e a qualidade dos serviços oferecidos pela Concessionária de Energia Elétrica de Mato Grosso, “Energisa”, foi tema da audiência pública realizada no Plenário da Câmara de Nova Mutum, na última sexta-feira (19).

O presidente da UCMMAT – União das Câmaras Municipais de Mato Grosso, vereador por Vila Bela da Santíssima Trindade, Edclay Coelho informou que a entidade vem trabalhando em apoio a CPI da Energia. “Quase metade dos municípios já se manifestaram com moção de repúdio em desfavor da Energisa, é um desrespeito com a população, e nós como fiscalizador e representante direto dos munícipes não podemos nos calar, e teremos num período curto moções dos 141 municípios, mostrando que há parlamentares preocupados com a situação da população”, salientou Coelho.

Nova Mutum foi um dos primeiros municípios a se manifestar publicamente contra os altos preços da energia, motivados pelo vereador Cristiano Bicô, que em duas semanas reuniu mais de cinco mil assinaturas para que a Assembleia Legislativa de Mato Grosso aprovasse a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

Requerente da audiência pública, Bicô chamou da população para que se manifeste, e que é inadmissível a população mato-grossense pagar tão caro na energia elétrica, “Seja você comerciante, lojista ou cidadão que se sentiu lesado pela empresa Energisa, não esmoreça. Não podemos ficar pagando sequências de meses faturados por média que resultam em acúmulo de consumo”, declarou Bicô.

A audiência contou com a presença do presidente da CPI da Energia, o deputado estadual Elizeu Nascimento, para o parlamentar o ato foi de grande importância para o avanço da Comissão na Assembleia. “ Vamos esclarecer muita coisa que os Mato-Grossenses não estão sabendo. Precisamos do apoio popular para mudar esta situação”, disse.

Compareceram na audiência o vice-prefeito Leandro Felix, Procon, vereadores André Piter, Alexandre Tavares, Osmar Isoton, Lucas Badan Airton Pessi, Romeu Belém e ainda parlamentares das cidades de Lucas do Rio Verde, Tapurah, Santa Rita do Trivelato, Itanhanga e Brasnorte.

A empresa investigada não enviou representante e os discursos foram uníssonos, todos pediram por uma atitude enérgica por parte das autoridades políticas no estado. Foram pautados 09 itens para serem discutidos com os membros da comissão de inquérito, cujos membros ainda serão apresentados a sociedade nesta semana

Ao final da audiência todos vereadores da região entregaram as assinaturas colhidas em suas respectivas cidades. Todas as assinaturas serão apresentadas aos membros da (CPI) em Cuiabá.
(Com Assessoria Nova Mutum)

 

 

© Todos os direitos reservados a UCMMAT