HISTÓRIA   |  MESA DIRETORA    |   CONVÊNIOS   |   EQUIPE

LogoMarca UCMMAT

Image

GWS Banner OUVIDORIA M TOPO UCMMAT GWS Banner SIC M TOPO UCMMAT

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 79

Lucas: Vereador cobra implantação de escola militar e insinua que secretária está preocupada com ideologia política

Escrito por

O vereador Wagner Godoy disse durante sessão da Câmara de Vereadores, que a secretária de Educação de Lucas do Rio Verde, Cleusa De Marco, não estaria interessada em implantar uma unidade da Escola Militar Tiradentes no município em razão de sua preocupação com a ideologia de seu partido, o PT. Godoy foi autor de uma indicação para implantação da escola, já existente em vários municípios mato-grossenses.

Godoy disse que sua proposição foi feita ainda no mês de março e desde então vem acompanhando a tramitação desse projeto com o secretário de Segurança e Trânsito, Alexandre Andrade, participando de ações que colaborassem na implantação da unidade educacional. Ele também cobrou apoio de parlamentares estaduais para que o município fosse contemplado.

“Estamos no meio de duas cidades que já tem. Nova Mutum e Sorriso já têm e nós não podemos ficar pra trás. A gente percebeu que existe um entrave. O prefeito tem a ideia, aparentemente, favorável e na secretaria de Educação ao mesmo tempo não está tendo a mesma fala. Isso não tá legal pra vinda dessa escola militar pro nosso município”, alegou.

Para o vereador, o projeto deveria ser iniciado ainda esse ano em razão do processo eleitoral do próximo ano, o que deve travar projetos como o da escola Tiradentes.

A vereadora Cristiani Dias disse que o colega foi infeliz em sua colocação. Companheira de legenda e de formação profissional de Cleusa De Marco, Cristiani cita que não há entrave para a implantação da unidade educacional militar no município. “Ele foi infeliz quando diz que nós queremos implantar nossa ideologia partidária. Nós não confundimos as coisas, nosso trabalho é uma coisa muito séria, estamos aqui pra trabalhar a favor da população de Lucas do Rio Verde”, contrapôs a vereadora. “Ele foi um tanto quanto exagerado”.

Em relação ao processo de implantação da escola militar, Cristiani afirma que se o vereador buscar o diálogo junto a secretária de Educação vai entender o andamento do projeto. A vereadora informou que o processo está em tramitação e alega que há um impasse quanto a ocupação de espaço pela escola de ensino fundamental e do ensino militar. “É uma discussão que existe desde o ano passado, o município não consegue ofertar vagas a todas essas crianças, todos nós que estamos envolvidos com a educação estamos cientes disso”, argumentou.

Por fim, a vereadora esclareceu que falta a Secretaria de Educação do Estado adequar unidades de ensino para atender a implantação da escola militar e não apenas o interesse do município. “A vinda ou não da escola militar pra Lucas é uma questão de interesse político do Governo do Estado, é investimento estadual, é recurso do governo estadual que precisa ser disponibilizado”, justificou, dizendo que esteve na Seduc em várias ocasiões para buscar informações sobre diversos assuntos, entre eles, o de implantação da unidade militar em Lucas do Rio Verde. “Houve um mal-entendido e ficou muito desagradável”, conclui.

Fonte: MT Agora - Expresso MT

 
 
© Todos os direitos reservados a UCMMAT