Aprovado por unanimidade pelo Plenário, o Requerimento 271/17 pede ao Ministério da Justiça e Segurança Pública a implantação da Central de Interpretação de Língua Brasileira de Sinais – Libras (CIL), em Sorriso.

De autoria dos vereadores Claudio Oliveira (PR), Professora Silvana e Professora Marisa, ambas do PTB, a matéria visa garantir atendimento de qualidade a pessoas com deficiência auditiva por meio de serviços de tradução e interpretação, além de facilitar o acesso a serviços públicos.

Segundo o vereador Claudio, o pedido leva em consideração o fato de que o governo federal vem, desde 2013, implantando a CIL em diversas cidades brasileiras por meio da cooperação e articulação com estados e municípios.

Em 2015, foi implantada em Cuiabá a primeira Central, cujo objetivo é dar suporte ao atendimento de pessoas surdas, auxiliando em entrevistas de emprego, consulta médica, audiência pública, Boletim de Ocorrência ou em qualquer situação e local que precise de um intérprete. A Central de Cuiabá conta com três intérpretes com Formação Superior em Libras, que foram escolhidos por meio de seleção.

Conforme o parlamentar, a CIL, além de auxiliar as pessoas com deficiência auditiva extrema, também presta apoio a familiares com oferecimento do curso de Libras, por exemplo.

O requerimento, subscrito pelos demais vereadores da bancada de oposição, será encaminhado também às secretarias de Direitos Humanos da Presidência da República e de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, aos senadores da bancada de Mato Grosso, ao governador Pedro Taques, aos deputados estaduais Mauro Savi e José Domingos, ao prefeito Ari Lafin e às secretarias municipais de Educação e de Assistência Social.

CENTRAL - De acordo com a Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, cada central conta com mobiliário, impressora, aparelho de telefone, computadores e webcam de alto desempenho, além de um veículo para atendimentos que demandem deslocamentos. 

Fonte: Ângela Gimenez | Ascom

Comentar


Código de segurança
Atualizar