Dayane Senna - Assessoria de Comunicação

Dayane Senna - Assessoria de Comunicação

1ab3c06621ce9a4162f522deed6519a2Dayane Senna
Assessoria UCMMAT

O deputado federal Valtenir Pereira (MDB/MT), confirmou presença no 1º Encontro Municipalista da UCMMAT – União das Câmaras Municipais do Estado de Mato Grosso, que acontece no dia 30 de maio, em Cuiabá. O parlamentar é relator da PEC 56/2019 na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados, que propõe a unificação das eleições.

O evento irá discutir a Proposta de Emenda à Constituição, bem como seus benefícios para a população, no âmbito econômico. O deputado Valtenir Pereira salientou que a proposta vai trazer economia para o país. “Conclamo a todos os vereadores e prefeitos para que estejamos unidos, firmes nesta articulação, porque é muito importante para a sociedade brasileira, a eleição a cada quatro anos vai gerar uma grande economia para o Brasil, que gasta milhões a cada dois anos com o processo eleitoral”, disse o relator.

De acordo com o autor da PEC 56/19, deputado Rogério Peninha Mendonça, as eleições do ano passado custaram cerca de R$ 900 milhões, com esse dinheiro seria possível construir 400 creches, comprar 3,5 mil ambulâncias com UTI móvel ou ainda pagar o salário de 15 mil policiais por ano.

“O primeiro passo foi dado. O parecer favorável do relator já indica que teremos boas chances de aprovar a minha proposta na CCJ. Muita gente tem me procurado para manifestar apoio na busca dos votos necessários para isso e tenho dito que a pressão neste momento precisa ser sobre os que são membros da Comissão. Essa é uma etapa fundamental, precisamos da maioria para que a PEC avance para a Comissão Especial”, comenta Peninha.

 

55560622 617621798757177 4494555418382565376 nDayane Senna
Assessoria UCMMAT

No próximo dia 30 de maio, a capital de Mato Grosso irá receber mais de 1.400 vereadores de todo o estado em ato público, a favor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que unifica as eleições no país, apresentada pelo deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC).

A proposta já teve o parecer favorável do relator, deputado federal mato-grossense Valtenir Pereira (MDB/MT). O presidente da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT), vereador Edclay Coelho (PSB), acredita que a unificação trará economia para o país. “Defendemos a unificação dos mandatos por uma questão de economicidade. O custo de uma eleição é muito alto, e o Brasil passa por um momento econômico complicado, temos um cenário de calamidade nos municípios”, salientou Coelho.

De acordo com o autor da PEC 56/19, deputado Rogério Peninha Mendonça, as eleições do ano passado custaram cerca de R$ 900 milhões, com esse dinheiro seria possível construir 400 creches, comprar 3,5 mil ambulâncias com UTI móvel ou ainda pagar o salário de 15 mil policiais por ano. “Qual é a prioridade para nós, brasileiros, nesse momento? Educação, saúde e segurança, ou eleição?”, disse Peninha.

O ato público em Cuiabá contará com a presença do relator da Proposta, deputado federal Valtenir Pereira e diversas lideranças políticas nacional e estaduais.

 

images noticias not1603 MT NovaMutum lei 1 copiarEm monitoramento realizado pelo Tribunal de Contas para verificar se as exigências feitas pelo controle externo junto à Câmara Municipal de Nova Mutum para o cumprimento da Lei de Acesso à Informação – LAI, Lei nº 12.527/2011, foi constatado que todas as atualizações foram realizadas. A análise do cumprimento das determinações foi julgada na sessão ordinária da Primeira Câmara de Julgamentos do TCE, realizada no dia 08/05.

Conforme o relator do processo nº 215457/2017, conselheiro interino Luiz Henrique Lima, as informações apresentadas demonstraram que o responsável tomou as providências necessárias para o cumprimento das determinações contidas no Acórdão nº 442/2016 – TP, referente ao Processo nº 14.5564/2015, atendendo todas as cláusulas estabelecidas no Termo de Ajustamento de Gestão nº 16/2016/LAI, firmado entre a Câmara Municipal e o TCE. No documento, o gestor à época se comprometeu a adequar o Portal Transparência do órgão municipal, conforme as exigências contidas na LAI.

 Por TCE-MT

movimentomtforte2O presidente da Câmara Municipal de Água Boa, vereador Cesinha, juntamente com os vereadores Alan Apio, Renato Beraldo e Jonathan Roberto, marcaram presença hoje (15.05), em Cuiabá, em apoio ao “Movimento Mato Grosso Forte – Quem paga imposto cobra resultado”.

O movimento foi criado pelos produtores de soja e milho de Mato Grosso, no dia 15 de abril de 2019, com o intuito de lutar pela classe, que por sua vez ajuda o Estado e que infelizmente está sendo sacrificada por uma gestão ineficiente dos recursos públicos. A Aprosoja abraçou a causa, tomando a iniciativa de realizar este encontro, que está reunindo produtores, lideranças políticas e sociedade em geral, para debater assuntos que afetam a vida do cidadão que trabalha e produz.  Redução de impostos e aplicação do Fethab em infraestrutura, são algumas bandeiras que o movimento defende e que serão amplamente debatidas no encontro.

“Mato Grosso é um gigante em produção de grãos, mas pequeno em infraestrutura e isso precisa mudar, por isso estamos juntos nessa causa, pelo fortalecimento do agronegócio e desenvolvimento do estado”, afirmou o presidente da Câmara, vereador Cesinha.

Por Semana 7

WhatsApp Image 2019 05 16 at 08.43.21 copiarDayane Senna
Assessoria UCMMAT

Com o intuito de garantir recursos para o município de Tabaporã, os vereadores Valdomiro de Melo (DEM), Gilberto Reis Calado da Silva (DEM) acompanhados do prefeito Sirineu Moleta (MDB), estão em Brasília reunido com os senadores de Mato Grosso, deputados federais e com o secretário de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP), do Ministério da Saúde, Erno Harzheim.

Antes de embarcar para a capital federal, os parlamentares estiveram na União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT)), onde receberam suas carteiras de identificação do vereador. “Em Brasília, esta identidade emitida pela UCMMAT tem muita importância, já que somos identificados como agentes políticos”, disse o vereador Calado.

Entre as tarefas, foram protocolados pela comitiva ofícios com o Deputado Federal Nelson Barbudo (PSL-MT), onde pede a reforma do Hospital do município, no valor de R$ 500 mil reais, verba já está empenhada, “vamos solicitar e pedir o apoio do deputado para que seja feito o pagamento e assim possibilitar o início das obras de reforma”, disse o vereador Calado.

Os parlamentares oficializaram no Ministério do Turismo, o pedido em nome do senador Jayme Campos (DEM), de uma emenda de R$1.700.00,00 (Um milhão e setecentos mil reais), destinados para asfalto no município e também a construção da piscina semiolímpica e quadra esportiva.

Ainda em Brasília, acompanhando o prefeito Sirineu Moleta, os vereadores tiveram reunião com o secretário de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP), do Ministério da Saúde, Erno Harzheim, onde foi solicitado o envio de um médico para Tabaporã, “o município ficou fora do programa Mais Médico, ano passado tivemos o PSF fechado e agora será reaberto, para isto é necessário o apoio do programa, que irá atender a Gleba Mercedes 1, 2 e Americana do Norte”, disse Valdomiro.

image 1 copiarA coragem e a determinação do visionário Ariosto da Riva, aliada a coragem e a esperança de milhares de pessoas vindas de várias regiões do Brasil, deram origem a Alta Floresta, um município que ao longo dos seus 43 anos de existência acumulou inúmeras conquistas e se projetou para um desenvolvimento consistente tendo como base o sucesso de vários ciclos da economia, como o ciclo do ouro, o ciclo da madeira e a pecuária que se solidificou, por exemplo.

Hoje, ao completar 43 anos de fundação, Alta Floresta se apresenta para Mato Grosso e para o Brasil como a mais nova fronteira agrícola em franco desenvolvimento. Se a pecuária, com um dos maiores rebanhos bovinos do Estado, está consolidada há vários anos, a agricultura demonstra um crescimento gradativo impressionante. São inúmeros investimentos principalmente na construção de silos e na expansão do plantio de grãos, como a soja, por exemplo.

Neste domingo, dia 19 de maio, iremos comemorar os 43 anos de fundação de Alta Floresta. A data é marcada principalmente pela expectativa de desenvolvimento econômico e social do município impulsionados pelo fortalecimento do setor produtivo, que é o principal responsável pelo fortalecimento da nossa economia.

Otimista com este crescimento, a Câmara Municipal, seus vereadores e servidores, parabenizam a todos os alta-florestenses que com dedicação, coragem, perseverança, e sobretudo confiança, contribuem para o progresso da nossa querida Alta Floresta.

Histórico – Tudo começou na década 1970, durante a intensa atividade seringueira na Amazônia, quando o empresário Ariosto da Riva adquiriu uma grande área na Região Norte de Mato Grosso, com a intenção de instalar um novo projeto de colonização.

Abrir caminhos no meio da floresta tropical foi uma árdua missão, porém, em um processo arrojado e com a força e determinação de famílias vindas em sua maioria do sul do País, no dia 19 de maio de 1976, três anos após o início da abertura das primeiras estradas, fundou-se a município de Alta Floresta com o propósito de ter uma economia baseada na agricultura.

A emancipação político-administrativa se deu em 18 de dezembro de 1979, por meio da Lei Estadual nº 4.157. O nome "Alta Floresta" foi escolhido por um concurso realizado por uma emissora de rádio da capital, "A Voz do Oeste" e jornais cuiabanos, organizada pelo coronel José Meirelles, para a escolha do nome de uma “futura cidade”. A então professora Nelza Luci Asvolinsque Faria foi a ganhadora do concurso, que recebeu um prêmio simbólico em dinheiro, além de uma entrevista na rádio.

Hoje, 43 anos depois, Alta Floresta se transformou em um município bom para se viver, com muitas oportunidades e boa infraestrutura, contendo uma rede de atendimento de saúde com várias especialidades, um polo educacional com várias instituições de ensino atendendo a população, com uma rede de empresas atendendo a população nos mais diversos segmentos, além de possuir um turismo que é acessado por centenas de turistas do mundo todo. Alta Floresta também possui um aeroporto com uma das maiores pistas de pousos e decolagens do Centro-Oeste do Brasil, com a empresa Azul Linhas Aéreas operando diariamente para Cuiabá e outras regiões do País.

Por Assessoria

image copiar copiar copiar copiarNa tarde do último dia 9, o presidente da Câmara de Querência, vereador Neiriberto Erthal, ladeado pelo vereador Celso Alves da Silva (Celso da Retífica), advogada da Câmara, Drª. Kelly Cristina da Silva Machado e das servidoras Anajara Leilane da Costa Tolomini, e  Eva Noleto Costa, estiveram fazendo uma visita técnica à  Câmara Municipal de Barra do Garças, tendo por objetivo, conhecer o processo legislativo barra-garcense, dando ênfase ao Sistema de Autógrafos de leis municipais para capacitar e colaborar com os trabalhos desenvolvidos pela equipe da Assessoria Legislativa, composta por quatro integrantes as Câmara Municipal de Querência.

A equipe foi recepcionada na Câmara Barra-garcense pelo Procurador Geral da casa, Advogado Heros Pena e pelo servidor Dr. Gilmar Moura do Nascimento. Na oportunidade, o procurador Heros salientou a importância do intercâmbio promovido entre os poderes dos dois municípios e se colocou à disposição dos visitantes para colaborar com toda e qualquer informação que lhe fosse indagada.

O Presidente da Câmara Municipal de Querência, vereador Neiriberto Erthal, ressaltou que, a visita foi de fundamental importância para a sua assessoria legislativa, tendo em vista, a necessidade do departamento no que diz respeito a embasamento teórico e técnico a fim de aprimorar os serviços legislativos.

Por Assessoria

sivirino indio 3A 4ª DAWARA POVO A’UWE XAVANTE que se realizou dia 06/04 na Aldeia Namunkurá, da Terra Indígena São Marcos de Barra do Garças, contou com cerca de 500 atletas crianças, jovens e adultos e mulheres e homens de 6 aldeias, que disputaram apaixonadamente os primeiros lugares na corrida. 

A realização da DAWARA tem como objetivo levar por meio da corrida um dia de lazer, união e inclusão à comunidade Xavante da Aldeia Namunkurá e com isso desenvolver a conscientização da importância da atividade física, o distanciamento das drogas e principalmente do álcool aos jovens e crianças daquela comunidade.

Já na sua 4ª edição o projeto" DAWARA POVO A’UWE XAVANTE (corrida) tem alcançado seus objetivos propostos: promover a união e a valorização da vida.

Essa edição contou com a participação de 85 crianças sub 9 (masculino e feminino), 76 crianças de 9 a 11 anos (masculino e feminino), 48 crianças de 12 a 14 anos (masculino e feminino), 87 na categoria acima de 15 no masculino e 37 na categoria feminino acima de 15 anos.

Por Assessoria

art 9282 600O vereador Dilemário Alencar (PROS) esteve nesta segunda-feira (13) na sede da Associação de Espinha Bífida de Mato Grosso (AEB-MT) para entregar projeto de lei de sua autoria, aprovado pela Câmara Municipal, que obriga os hospitais públicos e particulares a notificarem à Secretaria Municipal de Saúde sobre o nascimento de crianças com a patologia mielomeningocele, popularmente conhecida como espinha bífida.

“Importante a aprovação desse projeto. Agora vamos buscar sensibilizar o prefeito para que sancione essa minha proposição e efetivamente a torne lei, para que os hospitais sejam obrigados a informar o nascimento de todas as crianças com a patologia espinha bífida. A ideia é alimentar o banco de dados da Secretaria de Saúde, para que o Poder Público possa desenvolver políticas públicas mais efetivas para o maior número possível de famílias com crianças acometidas com espinha bífida”, explicou o vereador Dilemário.

Espinha bífida é uma malformação congênita relacionada à maneira como a coluna e a medula espinhal se desenvolvem. Algumas vértebras que recobrem a medula não são totalmente formadas, permanecendo abertas e sem se fundirem. A malformação pode ocasionar fraqueza nas pernas e paralisia, anormalidades ortopédicas, problemas de controle urinário e intestinal e até hidrocefalia (acúmulo de líquidos na cabeça do bebê).

A malformação não tem cura, mas pode ser tratada por meio de cirurgia. Entretanto, a intervenção não é suficiente para retomar as funções afetadas da medula espinhal. Por isso, a criança necessita de acompanhamento multidisciplinar após o nascimento: fisioterapeuta, neurologista, ortopedista e urologista pediátrico, dependendo da extensão das sequelas.

“A ideia da aprovação dessa lei foi da Associação de Espinha Bífida, que faz um importante trabalho assistencial junto às famílias dos portadores desta patologia, esclarecendo e dando apoio às famílias para enfrentarem as dificuldades do dia a dia das pessoas que são acometidas com espinha bífida”, concluiu o vereador Dilemário.
 
Por Assessoria
art 9278 600Por articulação do vereador Misael Galvão (PSB), Cuiabá pode receber R$ 17 milhões em emendas parlamentares federal, que deverão ser destinadas por meio do deputado federal José Medeiros (Podemos).
Deste montante, R$ 9 milhões serão aplicados na revitalização da Lagoa Encantada, localizada no bairro CPA III, e cerca de R$ 8 milhões em obras de asfaltamento na região da Ponte de Ferro. A intenção é garantir a finalização do asfalto que vai do Bairro Dr Fábio até a Ponte de Ferro do Coxipó.
Para tratar do tema, os parlamentares se reuniram na tarde desta segunda-feira (13) na Câmara Municipal de Cuiabá. O encontro também contou com a presença do ex-vereador de Cuiabá, Totó Cézar. 
“Hoje tratamos de assunto relevantes para Cuiabá e o deputado Medeiros se comprometeu em nos ajudar com essas emendas que beneficiará várias regiões com asfalto e revitalização da Lagoa Encantada”, comemorou Misael.
"Fui um dos mais votado na última eleição para deputado federal em Cuiabá. No Senado, ajudei muito a nossa Capital, agora na Câmara Federal não será diferente. Em parceria com o vereador Missael vamos analisar a destinação de emendas para projetos importantes como a revitalização da Lagoa Encantada", afirma José Medeiros.
 
Por Assessoria
Página 1 de 35
© Todos os direitos reservados a UCMMAT