Dayane Senna - Assessoria de Comunicação

Dayane Senna - Assessoria de Comunicação

EDUCAÇÃOO prefeito de Juara Carlos Sirena e o procurador geral do município, advogado Fábio Donizete estiveram na tarde desta quarta-feira, 13 de fevereiro, na Câmara Municipal, a pedido do vereador Hélio Castão e com a presença da vereadora Marta Dalpaiz.

Eles discutiram a elaboração do projeto de lei municipal que dispõe sobre o piso salarial nacional para os professores do ensino básico da rede municipal.

O prefeito entendeu a necessidade de se garantir esse direito aos trabalhadores da educação básica e assumiu o compromisso de enviar, o mais rapidamente possível, um projeto de lei para apreciação do Poder Legislativo.

O vereador Hélio Castão recebeu também, a visita da secretária de educação, Fernanda Alves, com quem tratou da regularização do transporte escolar, principalmente da linha da Comunidade Água Boa.

A secretária de educação garantiu ao vereador que os ônibus da Prefeitura Municipal estão em manutenção e logo as linhas estarão cobertas normalmente com o transporte de alunos.

Por Assessoria Juara

urna 840x577 copiarDayane Senna
Assessoria UCMMAT

O prazo de filiação das Câmaras Municipais para participar das eleições na União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT) termina nesta sexta-feira (15). Os vereadores que pretendem participar da eleição para escolha da Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Conselho Consultivo da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso – UCMMAT (Biênio 2019-2020), devem estar filiados a instituição. O prazo, segue as normas do Regimento Interno das Eleições, o contrato pode ser feito por meio da Câmara Municipal ou individual.

Conforme o Regimento, as Câmaras têm até o dia 22 de fevereiro para quitar seus débitos com a entidade, referente ao ano de 2019. Ter filiado até agosto de 2018 e pago seus débitos até dia 08 de janeiro de 2019, é outro requisito importante estabelecido pelo Regimento das eleições.

Candidatos

Três vereadores concorrem ao pleito, são eles: Edclay Coelho (PSD), do município de Vila Bela da Santíssima Trindade, João Machado Neto “João Bang” (PSB) de Nova Xavantina e o atual presidente da UCMMAT, Renato Beraldo (PSD), do município de Água Boa.

A eleição ocorre no dia 27 de fevereiro, das 08h às 17 horas, na sede da UCMMAT, localizada na rua Joaquim Murtinho, nº 1.713, bairro Centro Sul. A posse da nova Mesa Diretora acontece 7 (sete) dias após as eleições, dia 06 de março.

Mais informações:
(65) 99694-8338 – Assessoria de Imprensa
(65) 99905-3005 - Administrativo

WhatsApp Image 2019 02 14 at 12.13.31 copiar copiarDayane Senna
Assessoria UCMMAT

O presidente da Câmara Municipal de São José dos Quatro Marcos, vereador Renilso da Silva Senhorinho (DEM) esteve na manhã desta quinta-feira (14), em Cuiabá, para oficializar o termo de filiação com a União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT). O parlamentar estava acompanhado dos vereadores Adonias Izidoro Soares (DEM) e Francisco Ferreira Leite (PT).WhatsApp Image 2019 02 14 at 11.02.52 copiar copiar

Senhorinho salientou a importância de as Câmaras filiarem à UCMMAT. “O que a entidade oferece para nós é de grande valia, os pareceres fornecidos pelo setor jurídico e contábil da UCMMAT tem contribuído muito com o andamento de nossos projetos, além da representação perante outros órgãos, por isto não ficamos de fora e iremos vir na escolha da nova Mesa Diretora”, concluiu.

Aproximadamente 50 Câmaras já se filiaram à UCMMAT em 2019, o prazo para que as demais se associem a entidade é até sexta-feira, dia 15 de fevereiro. Os vereadores escolhem no próximo dia 27, a nova Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Consultivo da UCMMAT, para o biênio 2019-2020. A votação ocorre das 08h às 17h, em Cuiabá.

 

thumbs3 copiar copiarO vereador Vinicyus Hugueney (PP) se reuniu com os deputados Guilherme Maluf (PSDB), Paulo Araujo (PP) e Eduardo Botelho(DEM) e o secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento de Cuiabá, Gilberto Gomes, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso para solicitar a aprovação o quanto antes do projeto de lei que prorroga por dois anos a despesca no Estado. 
De autoria do deputado estadual Eduardo Botelho, o Projeto de Lei 258/18 determina que a emissão de autorização de despesca em Mato Grosso será permitida até 31 de dezembro de 2020, autorizando que os pequenos pescadores e produtores de pescado possam comercializar o produto, beneficiando a capital e todo o Estado de Mato Grosso.
Segundo Vinicyus, o projeto é de muita importância para a região. “Essa lei vai beneficiar diretamente boa parte da população. As ações de um vereador não é somente fazer projeto de lei, mas é articular, inclusive entre outros poderes, para que o povo seja beneficiado”, frisou. 
E ainda completou falando sobre o projeto Peixe Santo que pode ser prejudicado. “O presidente Botelho foi muito receptivo e viu a possibilidade de adiantar esse processo de votação, evitando o impacto negativo aos pequenos produtores, trabalhadores que acompanhamos no dia a dia e sabemos que estão muito preocupados com a possível inviabilização do processo de venda dos peixes. Pedimos que coloquem em votação o quanto antes a matéria, pois temos o projeto Peixe Santo há 27 anos e que pode ser prejudicado. Por isso, viemos aqui para mobilizar os deputados à aprovação”, completou o parlamentar.
 
Por Assessoria

buraco via intransitavel 632x420Um Projeto de Lei, de autoria do vereador Rodrigo da Zaeli (PSDB), acrescenta um inciso ao Art. 17 da Lei nº 1.800/1990, que institui o sistema tributário de Rondonópolis. O novo inciso concede isenção do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), a todos os moradores de bairros de Rondonópolis que tenham o acesso para veículos a residência prejudicados por mais de 15 dias úteis.

“Se aprovada a proposta, o morador que se sentir prejudicado poderá ir à Secretaria Municipal de Infraestrutura, na Prefeitura, protocolar o pedido de recuperação da via e, se dentro de 15 dias úteis esse pedido não for atendido, a rua não for recuperada, o morador poderá pedir a isenção do IPTU para o ano subsequente”, disse o vereador.

Segundo o vereador, há quase três anos que a manutenção das ruas não pavimentadas da cidade está precária. E, com isso, muitos moradores de bairros do município, como o Jardim das Paineiras, Oásis e Sagrada Família, não conseguem nem tirar o carro da garagem e, muitas vezes, são os próprios moradores que arrumam as vias de acesso à residência. “A ideia é que, se essas pessoas estão tendo dificuldades para entrar em casa, e, muitas vezes têm que gastar do próprio bolso para fazer a recuperação da via, que ela seja isenta desse imposto”, externou Rodrigo da Zaeli.

“Hoje o morador faz a reclamação e as pessoas engavetam como se não tivesse importância, mas agora a Prefeitura vai começar a sentir no bolso. Do mesmo jeito que a gente acha que a Prefeitura tem o direito de cobrar, ela também tem que ter a obrigação de dar essa manutenção sempre que precisar”, completou.

Por Tribuna MT

E3130646E1 Copy 640x430O presidente do Poder Legislativo, Claudio Oliveira (PR) e os vereadores Prof.ª Silvana (PTB), Prof.ª Marisa (PTB), Nereu Bresolin (DEM) e Elisa Abrahão (PRP) estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira (13) com membros da Comissão Pró- Escola Tiradentes, representantes do Poder Executivo e da Escola Militar Tiradentes para discutir a transferência do colégio para um novo espaço.

Funcionando no mesmo prédio – fundos do Park Shopping Sorriso – desde que foi inaugurada em 2017, a Escola Estadual Militar Tiradentes que neste ano conta com mais de 400 alunos, atingiu sua capacidade máxima.

Conforme o major Ilton Botelho, a escola  não conseguirá ampliar o número de vagas enquanto estiver funcionando num espaço inadequado.  “Com a demanda crescente de alunos precisamos ampliar nossa estrutura física que já não atende nossas necessidades”, explicou.

Na reunião a comissão discutiu a possibilidade de ser alugado outro imóvel enquanto a construção da sede própria da Escola, anunciada pelo governo passado, não sai do papel. A ideia é utilizar a estrutura da Unic, que construiu salas de aula  e tem interesse em alugá-las. Porém, a mudança esbarra na questão financeira, já que o valor da locação é pago pelo Estado, que decretou situação de calamidade financeira. “Para que possamos mudar de prédio, precisamos que o Estado pague um aluguel maior. Como o governo não terá esse dinheiro, o Município poderia ajudar temporariamente. Por isso, vamos abordar o assunto com o prefeito para que essa situação seja avaliada”, frisou o coordenador da Comissão, Welton Beraldo.

Cientes da demanda, os vereadores se colocaram à disposição para auxiliar nas negociações. “Conhecemos as demandas das nossas escolas estaduais e já cobramos do Estado uma solução. Estamos acompanhando desde o início a situação da Escola Militar, pois tratamos dessa questão em novembro passado, com a equipe de transição do governador Mauro Mendes, e há poucos dias na Seduc. Vamos continuar exigindo do governador que assuma sua responsabilidade seja construindo a sede própria da escola ou pagando o aluguel de um prédio apropriado que ofereça condições de trabalho aos profissionais e de aprendizagem aos alunos”, destacou Silvana.

“A  Casa de Leis continuará sendo parceira da Escola Militar. Vamos conversar com o prefeito e com o governador na busca de solucionar essa situação”, finalizou o presidente Claudio.

Por Assessoria

14b738c176a07f53b77d36dd202e4db6O Vereador de Porto Alegre do Norte Jose Gildemar Luz Santana popular “Zé da Iva” encerrou seu mandato como presidente da Câmara no final de Fevereiro, depois de entregar o comando da casa de leis ele faz um balanço das atividades afirmando que o período como presidente foi produtivo e gratificante; Atualmente o parlamentar tem defendido a bandeira do regionalismo e divisão do estado de Mato Grosso, no final de 2018 fez extensa agenda neste sentido onde discutiu a divisão com vereadores de outros municípios.

Na questão social Zé da Iva lembra que foi de sua iniciativa o projeto que cria o passe livre em transporte coletivo para aposentados, para dar mais transparência e incentivar a conscientização política da juventude o vereador foi autor de um projeto de parceria com as escolas, onde alunos podem assistir a sessões na Câmara como disciplinas extracurricular, no apoio a moradia popular ele criou o projeto de Lei que garante o projeto arquitetônico para construções de até 70m² em que o beneficiado tenha vencimentos igual ou inferior a três salários.

Zé da Iva destaca também a histórica sessão realizada no Setor dos Buritis em que foi aprovado o projeto de asfaltamento daquele bairro, asfalto que posteriormente se tornou realidade e teve importante contribuição da câmara de vereadores onde pela primeira vez na história do município o parlamento devolveu cinquenta mil reais a prefeitura, valor este que foi aplicado na obra do asfalto. Saudosista o vereador tem inúmeros projetos que buscam valorizar a cultura e homenagear figuras históricas da cidade com nomes de ruas, avenidas e pontes; ele foi também o autor do projeto que cria a orquestra municipal de Porto Alegre do Norte.

Por fim o vereador se coloca à disposição da população, afirmando que seu trabalho é pautado na transparência, honestidade e respeito com o dinheiro público, suas quinze indicações foram todas no sentido de promover o interesse e bem social e que todas essas conquistas só foram possíveis com o apoio dos outros parlamentares, prefeito e sociedade.

Por Olhar 21

urna 840x577Dayane Senna
Assessoria UCMMAT

Os vereadores que pretendem participar da eleição para escolha da Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Conselho Consultivo da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso – UCMMAT (Biênio 2019-2020), devem se filiar à instituição até sexta-feira, dia 15 de fevereiro.  O prazo, segue as normas do Regimento Interno das Eleições, o contrato pode ser feito por meio da Câmara Municipal ou individual.

Conforme o Regimento, as Câmaras têm até o dia 22 de fevereiro para quitar seus débitos com a entidade, referente ao ano de 2019.

Candidatos

Três vereadores concorrem ao pleito, são eles: Edclay Coelho (PSD), do município de Vila Bela da Santíssima Trindade, João Machado Neto “João Bang” (PSB) de Nova Xavantina e o atual presidente da UCMMAT, Renato Beraldo (PSD), do município de Água Boa.

A eleição ocorre no dia 27 de fevereiro, das 08h às 17 horas, na sede da UCMMAT, localizada na rua Joaquim Murtinho, nº 1.713, bairro Centro Sul.

A posse da nova Mesa Diretora acontece 7 (sete) dias após as eleições, dia 06 de março.

Mais informações:
(65) 99694-8338 – Assessoria de Imprensa
(65) 99905-3005 - Administrativo

 

fotos 3 candidatosDayane Senna
Assessoria UCMMAT

Três chapas irão concorrer as eleições para a presidência da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT). Os vereadores, Edclay Coelho (PSD), do município de Vila Bela da Santíssima Trindade, João Machado Neto “João Bang” (PSB) de Nova Xavantina e o atual presidente da UCMMAT, vereador Renato Beraldo (PSD), do município de Água Boa disputam o pleito no dia 27 de fevereiro.

Logo após o registro dos candidatos, a Comissão Eleitoral fez o sorteio dos números de cada chapa. O número 10 ficou com a “UCMMAT para Todos”, encabeçada pelo vereador João Bang; o candidato Edclay Coelho da chapa “Unidos pela UCMMAT” foi sorteado com o número 11, a chapa “UCMMAT levada a sério” comandada pelo atual presidente da entidade e candidato a reeleição, vereador Renato Beraldo ficou com o número 12.

O vereador pelo município de Vila Bela da Santíssima Trindade, Edclay Coelho (PSD), salientou que há 05 anos planejou ser candidato à presidente da UCMMAT, por duas ocasiões o projeto foi adiado, em apoio a outros candidatos.

 “Eu entendi que chegou o momento, estamos visitando todo o estado de Mato Grosso com nossa mensagem e proposta de trabalho, ressaltando a importância da nossa instituição para o legislativo. Eu decidi ser candidato porque acredito na UCMMAT, estou no meu quinto mandato e já tive a oportunidade e o privilégio de vivenciar a glória da instituição, e a finalidade no qual foi fundada é muito importante para os vereadores, e este é motivo que me impulsionou a disputar o pleito, juntos iremos levantar o gigante adormecido”, disse Coelho. 

Já o candidato João Bang, vereador pelo município de Nova Xavantina, ressaltou que sua experiência como ex-presidente da Câmara irá contribuir com sua administração e frisou a importância de fortalecer a UCMMAT e atender a todos de forma igualitária, seguindo o slogan de sua campanha “UCMMAT para todos”.

“O vereador precisa ser respeitado e valorizado, nós somos o para-choque da sociedade, todos os problemas dos municípios são direcionados a nós, e somos nós que precisamos de apoio, nossa entidade precisa dar este respaldo para os parlamentares. Coloquei o meu nome a disposição para resgatar a nossa UCMMAT e fortalecer o legislativo, independente do voto, a entidade estará de portas abertas e dando suporte aos vereadores que vierem a Cuiabá”, concluiu.

O presidente atual e candidato à reeleição da UCMMAT, vereador Renato Beraldo que assumiu a entidade em abril de 2018, conta que enfrentou grandes desafios a frente da instituição.

“Com muita transparência e seriedade consegui conduzir a UCMMAT e para chegar até aqui contei com apoio dos funcionários e dos vereadores. Finalizamos o ano de 2018 com a casa com boa parte dos problemas resolvidos, ainda há muito que fazer e por isto coloquei meu nome a disposição, para continuar este trabalho sério que temos desenvolvido na instituição. Quero agradecer a todos os vereadores que compõe a minha chapa, que acreditam em nossa administração, e independente de quem ganhar irá assumir muita responsabilidade e terá a missão de trazer todos os vereadores para dentro da UCMMAT”, finalizou Beraldo.

A eleição na UCMMAT irá ocorrer no dia 27 de fevereiro, das 08 às 17 horas, na sede da entidade, em Cuiabá. A posse da nova mesa diretora será no dia 06 de março, sete dias após as eleições.

 Mais Informações:

(65) 99694-8338

e2896c24e9f485bd4823102bb1f8f47cDayane Senna
Assessoria UCMMAT

Termina hoje, às 17h, o prazo para o registro das chapas que irão disputar as eleições da Mesa Diretora (biênio 2019-2020), da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT). O prazo é estabelecido pelo Regimento Interno das Eleições, elaborado pela Comissão Eleitoral.

As chapas têm até o dia 15 de fevereiro (sexta-feira), para encaminhar à Comissão Eleitoral, as cópias originais de documentos dos membros que compõe a Mesa Diretora, distribuídos nos cargos da Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Conselho Consultivo.

 

Requisitos

Para completar o registro das chapas, o candidato deve estar devidamente filiado a UCMMAT, no prazo estabelecido pelo estatuto da entidade, 6 meses anteriores ao pleito, ou seja, até dia 27 de agosto de 2018, por meio de contrato de associação da Câmara, no qual o vereador exerce o mandato, ou por filiação individual.

Outro requisito exige que o presidente e membros da chapa devem estar quites com suas obrigações financeiras, do exercício de 2018 e 2019.

Filiação Câmaras

As Câmaras que irão participar do pleito, devem se filiar até a próxima sexta-feira, dia 15, e efetuar o pagamento da mensalidade até o dia 22 de fevereiro.

A eleição será na última quarta-feira deste mês,  dia 27, conforme o estatuto da entidade. A votação será das 08h às 17h, na sede da UCMMAT, em Cuiabá. A posse da nova Mesa Diretora ocorre sete dias após as eleições, 06 de março.

Fazem parte da Comissão Eleitoral, o advogado José Gerivan Evangelista (presidente), a estudante de direito Kauanna Maria Machado Lima (secretária) e a advogada Lieda Rezende Brito (membra).

 

Página 1 de 21
© Todos os direitos reservados a UCMMAT