A Câmara de Vereadores de Cuiabá aprovou na última quinta-feira (10) um parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) que autoriza o presidente da Casa, vereador Justino Malheiros (PV), a disputar novamente a eleição da Mesa Diretora. O projeto, que teria provocado o rompimento entre Justino e o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), será levado a Plenário na próxima terça-feira (15).

O placar apertado – 12 votos a favor e 11 contra – representa o início de uma vitória para o vereador Justino Malheiros, que pretende modificar o Regimento Interno da Câmara para que possa permanecer na presidência.

Embora ambos neguem interferência, a polêmica da reeleição de Justino teria provocado um “racha” entre ele e o prefeito Emanuel Pinheiro. Segundo corre nos bastidores, Emanuel teria se negado a apoiar a candidatura do parlamentar, que decidiu declarar independência da base do emedebista na Câmara, além de colocar seus cargos na Prefeitura à disposição.

Para que seja aprovado, o projeto de autoria do vereador Marcrean Santos (PRTB) precisa receber 13 votos. Além de Justino, o vereador Misael Galvão (PSB) também deve tentar a eleição da Mesa Diretora, prevista para ocorrer em agosto.

Fonte: Olhar Direto

Comentar


Código de segurança
Atualizar